Charles Darwin

 
Charles Robert Darwin FRS (Shrewsbury12 de fevereiro de 1809 – DowneKent19 de Abril de 1882) foi um naturalista britânico que alcançou fama ao convencer a comunidade científica da ocorrência da evolução e propor uma teoria para explicar como ela se dá por meio da seleção natural e sexual[1]. Esta teoria se desenvolveu no que é agora considerado o paradigma central para explicação de diversos fenômenos naBiologia.[2] Foi laureado com a medalha Wollaston concedida pela Sociedade Geológica de Londres, em 1859.
Darwin começou a se interessar por história natural na universidade enquanto era estudante de Medicina e, depois, Teologia.[3] A sua viagem de cinco anos a bordo do brigue HMS Beagle e escritos posteriores trouxeram-lhe reconhecimento como geólogo e fama como escritor. Suas observações da natureza levaram-no ao estudo da diversificação das espécies e, em 1838, ao desenvolvimento da teoria da Seleção Natural.[4]Consciente de que outros antes dele tinham sido severamente punidos por sugerir ideias como aquela, ele as confiou apenas a amigos próximos e continuou a sua pesquisa tentando antecipar possíveis objeções. Contudo, a informação de que Alfred Russel Wallace tinha desenvolvido uma ideia similar forçou a publicação conjunta das suas teorias em 1858.[5]
Em seu livro de 1859, "A Origem das Espécies" (do original, em inglês, On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or The Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life), ele introduziu a ideia de evolução a partir de um ancestral comum, por meio de seleção natural.[1] Esta se tornou a explicação científica dominante para a diversidade de espécies na natureza. Ele ingressou na Royal Society e continuou a sua pesquisa, escrevendo uma série de livros sobre plantas e animais, incluindo a espécie humana, notavelmente "A descendência do Homem e Seleção em relação ao Sexo" (The Descent of Man, and Selection in Relation to Sex, 1871) e "A Expressão da Emoção em Homens e Animais" (The Expression of the Emotions in Man and Animals, 1872).
Em reconhecimento à importância do seu trabalho, Darwin foi enterrado na Abadia de Westminster, próximo a Charles LyellWilliam Herschel eIsaac Newton.[6] Foi uma das cinco pessoas não ligadas à família real inglesa a ter um funeral de Estado no século XIX.[7]
 
Fonte: wikipedia

Nota: 
Average: 5 (1 vote)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Se a miséria de nossos pobres não é causada pelas leis da natureza, mas por nossas instituições, grande é nossa culpa.

Se a miséria de nossos pobres não é causada pelas leis da natureza, mas por nossas instituições, grande é nossa culpa.

Your rating: Nada Average: 2.3 (3 votes)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Pobre homem. Ele simplesmente pára e olha fixamente uma flor amarela durante alguns minutos. Estaria muito melhor se tiv

Pobre homem. Ele simplesmente pára e olha fixamente uma flor amarela durante alguns minutos. Estaria muito melhor se tivesse alguma coisa para fazer.

No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as que têm a melhor capacidade adapt

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as que têm a melhor capacidade adaptação.

Your rating: Nada Average: 5 (1 vote)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as que têm a melhor adaptação.

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as que têm a melhor adaptação.

No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as Numa espécie não são os mais fort

Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as Numa espécie não são os mais fortes e nem os mais inteligentes que sobrevivem e sim as que têm a melhor adaptação.

No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Não é o mais forte que vence mas sim o mais adaptável.

Não é o mais forte que vence mas sim o mais adaptável.

Your rating: Nada Average: 5 (1 vote)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Conseguimos realizar nossos propósitos, economizando os minutos.

Conseguimos realizar nossos propósitos, economizando os minutos.

No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

A ignorância produz confiança com mais freqüência do que o conhecimento. São os que sabem pouco e não os que sabem muito

A ignorância produz confiança com mais freqüência do que o conhecimento. São os que sabem pouco e não os que sabem muito, que tão categoricamente que este ou aquele problema nunca será solucionado pela ciência.

Your rating: Nada Average: 2 (1 vote)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Não temos solução para o mistério do princípio de todas as coisas. Eu pelo menos continuo agnóstico.

Não temos solução para o mistério do princípio de todas as coisas. Eu pelo menos continuo agnóstico.

Your rating: Nada Average: 4.3 (6 votes)
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Subscrever RSS - Charles Darwin

Não perca Frases do Einstein selecionadas a dedo.

Conhece alguma frase legal? Envie-nos.

Vote agora nas frases e citações que você mais gosta.

delorean