Alfonso Bovero

Nota: 
No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

O cadáver de indigente, nosso irmão em humanidade, náufrago da vida que tudo lhe negou, farrapo da sociedade; digno de r

O cadáver de indigente, nosso irmão em humanidade, náufrago da vida que tudo lhe negou, farrapo da sociedade; digno de respeito profundo, religioso, havendo-lhe faltado qualquer conforto moral em sua agonia amarga, inútil, onerosa ou nociva, deixa em paga seu corpo que, desmembrado servirá para o conhecimento e conseqüentemente benefício da coletividade.

No votes yet
CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Subscrever RSS - Alfonso Bovero

Não perca Frases do Einstein selecionadas a dedo.

Conhece alguma frase legal? Envie-nos.

Vote agora nas frases e citações que você mais gosta.

delorean